A Secretaria Municipal de Saúde alerta para a baixa procura pela vacina contra a influenza em Catanduva. Boa parte das pessoas que estão nos grupos de maior risco de exposição ao contágio do vírus ainda não se vacinou.

Os índices apontam para esse cenário de imunização entre adultos de 51 a 59 anos (21%), gestantes (28%), professores e funcionários de escolas (33%), crianças de 6 meses a 5 anos (35%) e pessoas com comorbidades (50%).

A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de 90% de imunização. De acordo com prévia da Secretaria de Saúde, 34.913 doses da vacina foram aplicadas na cidade, o equivalente a 73% do público-alvo.

Em Catanduva, a meta foi superada apenas entre trabalhadores da saúde (123%), idosos e mulheres no pós-parto (89%). Pessoas com doenças crônicas, policiais e caminhoneiros também estão sendo vacinados, porém sem meta a ser alcançada.

A campanha de vacinação começou no dia 23 de março e prossegue até 5 de junho. Quem se enquadra nos critérios e ainda não se vacinou, deve buscar atendimento nos postos. Todas as unidades de saúde estão com estoque abastecido.

São 23 postos para vacinação: UBS Central, USF Imperial, USF Flamingo, USF Euclides, USF Santa Rosa, USF Lunardelli, USF Nosso Teto, USF Santo Antônio, USF Gaviolli, USF Pedro Nechar, USF Alpino, USF Bom Pastor, USF Pachá, USF Del Rey, USF Nova Catanduva, USF Solo Sagrado, UBS Vila Soto, UBS Vertoni, USF Theodoro, USF Monte Líbano, UBS Glória, USF Gabriel Hernandez e USF Sales.

Fonte: Prefeitura de Catanduva

Arrastão da dengue chega à região do …

19-03-2020 Hits:209 Saúde Fabio

O arrastão contra a dengue, realizado pela Prefeitura de Catanduva, entra em nova área nesta quinta-feira, dia 19. O trabalho de combate ao Aedes será desenvolvido em mais 12 bairros...