O plantão da Secretaria de Saúde nos dias de Carnaval registrou 2.690 atendimentos na segunda e terça-feira, dias 24 e 25. O balanço reflete a movimentação registrada nas unidades de saúde, que funcionaram em horário normal, além do expediente na Unidade de Tratamento da Dengue e na UPA.

No caso das unidades de saúde dos bairros, a abertura foi autorizada pelo prefeito Afonso Macchione Neto por meio de decreto, com o intuito de ampliar o acesso e acompanhamento aos pacientes com sintomas de dengue, devido ao cenário de alta transmissão da doença na cidade.

Diante disso, o levantamento evidencia que 23% da demanda acolhida foi justamente referente à dengue. Na segunda-feira, dos 1.501 atendimentos, 313 estavam com sintomas da doença. Na terça-feira, de 1.189 atendimentos realizados, 296 relacionavam-se a queixas por dengue.

Final de semana

A Unidade de Tratamento da Dengue começou a operar sem o suporte das unidades de saúde, aos finais de semana. Na manhã de sábado, dia 22, foi constatado aumento do movimento.

Diante disso, a Secretaria de Saúde orientou que fossem ocupadas as dependências do CEM, que também funciona no mesmo prédio, o Postão, de forma que todos os pacientes fossem devidamente acomodados.

Entre sábado e domingo, 309 atendimentos foram contabilizados no Postão. Desses, 285 tiveram indicação médica para exames de dengue e 55 novos casos foram notificados.

No período, a UPA fez 751 atendimentos. Desses, 179 referentes a dengue.

Boletim

A Secretaria Municipal de Saúde atualizou as notificações por dengue nesta quarta-feira, dia 26. De acordo com o boletim, são 2.532 diagnósticos confirmados da doença e 3.365 casos em investigação. Além disso, 1.235 exames deram negativo para dengue do começo do ano até agora.

Excesso de velocidade é a principal inf…

08-10-2020 Hits:85 Nacional Fabio

Estudo do perfil dos motoristas que fizeram o curso de reciclagem ajuda a entender o comportamento de infração e ressalta a importância do respeito à sinalização de trânsito