A quarentena impossibilitou até o soar do Sino da Esperança no Hospital de Câncer de Catanduva, mas o tratamento nunca parou. Após mais de dois meses sem tocar, Paulo César Boni, 47 anos, fez soar o sino nos corredores do HCC no dia 9 de junho, ao concluir uma das etapas na luta contra o câncer: a sua 28ª sessão de radioterapia no combate à doença.

“Agradeço por todo o carinho e pelo atendimento que recebi aqui. Meu tratamento foi colocado nas mãos de Deus e me sinto muito bem em concluir mais essa etapa”, saiu agradecido, o morador de Vila Roberto, ao lado da filha.

Fonte: Fundação Padre Albino

Código de Defesa do Consumidor completa…

12-09-2020 Hits:106 Artigo / Coluna Fabio

Lei trouxe direitos e garantias para clientes e empresas ao longo dos anos