O Grêmio Novorizontino, em parceria com o Hemonúcleo de Catanduva e a Santa Casa de Novo Horizonte, irá realizar a campanha de cadastro de Medula Óssea.

O objetivo da campanha é ajudar as pessoas que estão com leucemia e aguardam na fila um possível doador de medula óssea. A campanha amplia exponencialmente as chances de quem espera na fila por um doador.

Uma delas, é a garotinha Maria Julia (Maju), que tem apenas 8 anos de idade e está em busca de um doador compatível.

"Nossa campanha visa ampliar o número de voluntários cadastrados no REDOME (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea), não só para que a Maju encontre um doador, mas para ampliar essa rede de possíveis doadores em todo o Brasil, pois o cadastro vale para todo o país", explica Genilson da Rocha Santos, presidente do Grêmio.

Como vai funcionar?

Uma equipe do Hemonúcleo de Catanduva virá até o Estádio Jorge Ismael de Biasi no dia 20 de junho, e fará o atendimento das 8h às 13 horas.

Todos os procedimentos de segurança, distanciamento e isolamento preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) estão sendo observados de modo a preservar a saúde e integridade dos possíveis doadores. "O procedimento é simples e esperamos que um grande número de pessoas atenda ao nosso convite", finalizou Genilson.

Depois da doação, seja ela em Novo Horizonte, ou em qualquer outra cidade do país, poste uma foto nas redes sociais usando a #JogadaDoBem, e mobilize mais pessoas a doar também!

Junte-se a nós!

#TodosPelaVida

#SomosTodosMaju

Serviço:

Dia: 20/06/2020.

Hora: 8h às 13h.

Local: Estádio Jorge Ismael de Biasi – Novo Horizonte.

Fonte: Grêmio Novorizontino

Novas estrelas do agronegócio brasileir…

14-11-2020 Hits:77 Artigo / Coluna Fabio

O agronegócio brasileiro, que estabeleceu recorde histórico de exportações no primeiro semestre de 2020, com US$ 52 bilhões, conforme demonstrou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da...