Neste dia 8 de abril, rins, córneas e fígado seguiram para São José do Rio Preto ao encontro de receptores compatíveis que aguardam na fila de espera, após nova captação de múltiplos órgãos realizada no Hospital Padre Albino (HPA), em Catanduva/SP.

A doadora, S.C.F., 48 anos, deu entrada no HPA no dia 3 de abril com diagnóstico de acidente vascular encefálico hemorrágico e o protocolo de morte encefálica aconteceu no dia 7 de abril. A doação foi autorizada pelos filhos e a captação teve início às 7h30 e término às 10h30. 

Captação na pandemia 

A Fundação Padre Albino está seguindo todas as orientações da Nota Técnica do Ministério da Saúde com os critérios de triagem clínica do coronavírus (SARS, MERS, SARS-CoV-2) nos candidatos à doação de órgãos e tecidos.

“Sabemos que os olhos e ouvidos estão voltados para a pandemia e todos temos que tomar as devidas precauções para evitar o alastramento do contágio mas, diante de tantas mortes, não podemos esquecer da vida e a atitude desses filhos vem nos lembrar que existe uma fila de pessoas aguardando por este sopro de esperança. Não sabemos quem serão os receptores desses órgãos, mas sabemos que amanhã eles vão acordar com novas perspectivas e a primeira delas é a da vida”, disse o coordenador da Comissão Intra-Hospitalar de Transplantes (CIHT), Prof. Dr. Jorge Valiatti.

Fonte: Fundação Padre Albino

Festival Sustentarte envolve público em…

01-07-2020 Hits:134 Cultura Fabio

Uma viagem virtual através do conhecimento social e cultural da arte e da sustentabilidade. Esses são os ingredientes do Festival Sustentarte, que será realizado de forma virtual no mês de...