A Secretaria Municipal de Saúde encabeçou reunião para discutir assuntos relacionados ao coronavírus. Durante as tratativas, foram definidas as medidas a serem adotadas no município quanto ao atendimento ofertado a pacientes com sintomas da doença.

Representantes de hospitais, da atenção básica e da UPA participaram do encontro, que traçou medidas assistenciais, levando em conta o fluxo de atendimento em cada ponto. Nessa etapa, estão previstos treinamentos com funcionários, protoloco para a recepção de pacientes, além de assistência médica e de enfermagem.

“As unidades deverão atender a todos com critérios. Para isso, devem ser seguidos os protocolos, tanto do Ministério da Saúde, quanto do Estado de São Paulo, a respeito do coronavírus”, ressalta Daniela Bellucci, diretora de Vigilância em Saúde.

Apesar da repercussão do assunto, a secretaria tranquiliza a população. Até o momento, não há indícios de circulação do vírus em território nacional. “Não há motivo para pânico, afinal 85% dos casos são leves e considerados com a sintomática de uma gripe”, frisa.

Catanduva não possui casos suspeitos da doença, mas as equipes de saúde monitoraram, durante os últimos dias, uma paciente com suspeita da doença que reside em São José do Rio Preto e tem familiares em Catanduva. Ela viajou recentemente ao Japão.

Imagem: Divulgação/Secretaria Municipal de Saúde

Programação Sesc Catanduva de 11 a 16 …

10-02-2020 Hits:358 Cultura Fabio

Cao Laru é um grupo franco-brasileiro e viajante que mescla canções francesas, polifonias leste-europeias e ritmos brasileiros, apresentando composições e arranjos de músicas tradicionais colhidas pelas estradas por onde passa.