Fechando a programação da Semana Modos de Acessar, que o Sesc São Paulo realiza em todas as suas unidades em celebração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, lembrado no dia 3 de dezembro, o Sesc Catanduva recebe um convidado especial: o campeão paraolímpico Clodoaldo Silva. Também conhecido como "tubarão das piscinas", por ganhar todas as competições de que participa, o atleta fala de sua carreira, desafios e conquistas e participa do festival de natação em seguida no dia 8 de dezembro, domingo, das 15h às 16h30, no Conjunto Aquático do Sesc Catanduva. A participação é grátis.
A Semana Modos de Acessar propõe atividades com viés educativo acerca dos mecanismos de acessibilidade na prática e incentivam o protagonismo das pessoas com deficiência, com condições para sua inclusão em todos os aspectos- cultural, esportivo, educativo e cidadão.

Clodoaldo Silva é um dos atletas paralímpicos mais populares do Brasil. Está entre os maiores medalhistas paralímpicos do país- em cinco edições de Jogos Paralímpicos conquistou a marca impressionante de 14 medalhas (6 ouros, 6 pratas e 2 bronze). Foi o atleta escolhido para conduzir e ascender a Pira Paralímpica na abertura dos Jogos do Rio, em 2016. Atualmente, o nadador roda o país com suas palestras e trabalha com projetos voltados para pessoas com deficiência, como o objetivo maior de promover a inclusão e a acessibilidade dessa camada da sociedade. Clodoaldo se destacou, nos meses de setembro e outubro (Parapan e Mundial de Natação) como comentarista do SporTV da natação paralímpica ao lado de Alex Pussield (o Coach) e o narrador Luiz Felipe Prota.

Acessibilidade digital
A assessoria de Clodoaldo fez parceria com a Hand Talk, empresa premiada pelo Google pelo seu aplicativo que traduz textos para libras, com a empresa Acesso para Todos, que tem experiência em produzir sites acessíveis e com a Hesse: projeção de talentos, que produz conteúdo textual acessível. A primeira experiência foi realizada com o blog do atletas www.clodoaldosilva.com.br . No Parapan de Lima, no Peru, o blog foi muito visitado e quase 3 mil traduções foram feitas para libras. www.parapandelima.com.br . Para além da acessibilidade na homepage, as redes sociais do atleta têm seguido alguns padrões para tornar o conteúdo mais acessível. Para conhecer o trabalho acesse: www.clodoaldosilva.com.br/DetalheMateria/19 .

O site geral do atleta está sendo todo refeito e será totalmente acessível para as pessoas com deficiência. No momento, para acessar notícias já acessíveis, as pessoas podem ir no www.clodoaldosilva.com.br . A acessibilidade digital é um tema em voga, no entanto, pouquíssimos sites são acessíveis no Brasil. Para se fazer um site acessível é necessário seguir regras da www para atender exigências que transformam o conteúdo acessível para todos. Já existe uma legislação, desde de 2016, que obriga todos os sites terem acessibilidade.

Mercado de Trabalho
Clodoaldo Silva também tem realizado um trabalho junto a empresas e ajudado em recrutamento das pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Catanduva confirma 30º óbito por coron…

08-07-2020 Hits:209 Saúde Fabio

Catanduva registrou nesta quarta-feira (08) mais uma morte por Covid-19, total chega 30.