O ano de 2019 foi de transformações para a economia de Catanduva. Com a confiança do empresário renovada, a Cidade Feitiço ganhou 654 novas empresas, uma média de 54 a cada mês. O levantamento é da Junta Comercial do Estado de São Paulo, a Jucesp.                       

As microempresas lideraram o ranking, com 512 registros. Na sequência aparecem as empresas de porte normal (77) e, depois, as de pequeno porte (65). Do total de empreendimentos abertos em Catanduva, 586 permanecem ativos.

Empresas dos segmentos médicos, de academia, máquinas, brinquedos, elétrica, publicidade, supermercados, telecomunicações, alimentícios, agrícolas constam na lista, que também inclui o mercado pet e artigos de vestuário.

De janeiro de 2017 a dezembro de 2019, os registros indicam 2.545 empresas abertas na cidade. Esse movimento elevou para 14.650 o número de empresários com unidades ativas em Catanduva.

“Podemos observar que Catanduva se desenvolveu em 2019 por diversos indicadores: foram 654 empresas e 1.173 microempreendedores individuais (MEI's) até o final do ano e, somente até novembro, foram 1.514 novas vagas de emprego, destaca o secretário de Desenvolvimento, Fabio Rinaldi Manzano.