Tem moradora nova no Zoológico Municipal Missina Palmeira Zancaner. Trata-se da Cloe, filhote de raposa-do-campo, encaminhada pelo Hospital Veterinário de Jaboticabal, que tem parceria para direcionamento de animais para Catanduva. Atualmente, a nova integrante está em quarentena.

A bióloga do Zoo, Maria Célia Soler, destaca que Cloe está se adaptando ao local e encantando toda a equipe de profissionais, já que, além de ser agitada, mostrou-se muito dócil e curiosa ao visualizar a chegada das pessoas.

Como o local até então não acolheu nenhuma raposa, será necessária a construção de um novo recinto para a espécie.

“Na quarentena, a Cloe passa por todos os exames necessários, avaliação, vermifugação e vacinação”, destaca Maria Célia, que complementa que as veterinárias Fernanda Cassioli de Moraes e Sandra Regina Caldeira Mendes também acompanharam toda a evolução da nova moradora.

“Por se tratar de um filhote, Cloe dificilmente conseguiria se adaptar à natureza, pois não aprendeu o que precisava com os pais para sobreviver, tornando-se presa fácil para outros animais”, complementa a bióloga.

Além da Cloe, Fred, um filhote de cachorro-do-mato também foi acolhido no Zoológico Municipal. Ele está alojado junto a outros animais da mesma espécie que foram resgatados pelas equipes da Polícia Ambiental. O animal também está em quarentena, que inclui exames necessários e acompanhamento diferenciado.

Curiosidades

Para quem não sabe, apesar de ser mais ativa no período noturno, a raposa-do-mato sai da toca durante o dia. A vida dessa espécie é solitária e o corpo mede até 60 centímetros, sendo que só a cauda é responsável por 30 centímetros.

Por se tratar de um animal extremamente atento, tem visão, audição e olfato apurados. Pesando até quatro quilos, a raposa-do-mato é carnívora e caça aves, pequenos roedores e insetos, como os gafanhotos.

Imagem: Divulgação/ Zoológico Municipal