A Prefeitura de Catanduva ampliou a estrutura física de acolhimento a moradores em situação de rua na pandemia. O plano da Secretaria Municipal de Assistência Social prevê amparo separadamente das pessoas sadias dos que apresentem sintomas respiratórios.

Dentre as providências, uma ala na Coordenadoria Municipal de Inclusão Social foi transformada em alojamento. O espaço conta com duas salas amplas, uma para homens e outra para mulheres, banheiros privativos, cozinha, refeitório e pátio para oficinas.

O alojamento é destinado a pessoas que aceitam entrar em isolamento social e que estão bem de saúde. Atualmente, o espaço abriga três moradores em situação de rua nessa condição. Além disso, há espaço no refeitório e para pernoite que também recebe demais moradores em situação de rua, desde que sem sintomas de gripe.

Por outro lado, as instalações da Casa de Passagem foram devidamente preparadas para acolher o público-alvo com sintomas gripais. A residência possui acomodações, utensílios domésticos para acolher o morador de rua, caso identificada suspeita da doença.

Outro espaço que mantém suas portas abertas ao público em condições saudável é o Centro Pop, que conta com equipe em atuação nas atividades de triagem para atender moradores que estão nas ruas, porque não aceitaram ficar confinados, condição atribuída ao vício em drogas.

No local há espaço para higienização, lavanderia, alimentação (café da manhã e lanche da tarde), guarda de pertences, disponibilização de roupas e de kit higiene.

Até o momento não há notificação de caso suspeito de coronavírus envolvendo morador em situação de rua e nem confirmação da doença.

Imagem: Divulgação/Prefeitura de Catanduva

Fonte: Prefeitura de Catanduva

Catanduva mira novos talentos em seletiv…

21-01-2020 Hits:220 Esportes Fabio

A quadra do Conjunto Esportivo Anuar Pachá foi palco de seletivas realizadas pela Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Turismo (Smelt). A “peneira” visa descobrir novos talentos para reforçar as...