Equipe da Vigilância Sanitária (Visa) de Catanduva está na ativa para orientar, fiscalizar e coibir possíveis abusos quanto ao cumprimento das regras de enfrentamento ao coronavírus. Balanço das atividades aponta que os fiscais percorreram 266 estabelecimentos durante a quarentena, entre 21 e 29 de março.

Dentre os pontos comerciais fiscalizados estão os supermercados. Nesses locais, foram cobradas medidas de distanciamento e controle de aglomerações.

A equipe também acompanhou o trabalho nos comércios varejistas de alimentação pronta para o consumo, como bares, restaurantes e padarias. A interpretação dos trechos dos decretos que fazem referência a esse segmento foi pacificada, posteriormente, pelo Governo Estadual e Municipal, esclarecendo dúvidas.

Os hospitais foram fiscalizados, seus planos de contingência analisados e verificada a implementação das ações na prática. Comunidades terapêuticas, casas de apoio e demais equipamentos públicos e privados de assistência social foram orientados, com especial olhar para as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs).

Durante esse período de fiscalização, a Visa recebeu duas autuações de boletins de ocorrência elaborados pela Guarda Civil Municipal (GCM) durante suas intervenções, para providências quanto à multa.

Denúncias

A Vigilância Sanitária tem atuado para verificar denúncias recebidas pelos canais oficiais e esclarecimento de dúvidas gerais, principalmente nos estabelecimentos regulados pelo órgão. Os trabalhos são feitos em parceria com a GCM e da Fiscalização de Posturas da Prefeitura, visando ao cumprimento das medidas restritivas para o isolamento social e, desta forma, conter o avanço do novo vírus.

Imagem: Divulgação/VISA

Fonte: Prefeitura de Catanduva

Secretaria da Fazenda e Planejamento def…

28-07-2020 Hits:94 Nacional Fabio

Operação Nosbor fiscaliza 420 contribuintes que comercializam de maneira irregular produtos em plataformas digitais