A Prefeitura de Catanduva está preparando suas equipes para desenvolver ações preventivas e, se necessário, de enfrentamento ao coronavírus. O trabalho é liderado pela Secretaria Municipal de Saúde, que traçou uma agenda de reuniões e capacitações com gestores dos diversos setores da administração municipal.

O assunto também foi tema de reunião feita pelo prefeito Afonso Macchione Neto, na manhã desta sexta-feira, dia 13, com sua equipe administrativa e representantes da Secretaria de Saúde. No encontro, foram apresentadas ao prefeito as ações que já estão em andamento e as estratégias previstas, no caso de avanço da doença.

Nesse processo, está sendo dada atenção especial às secretarias que administram pontos de atendimento à população, onde há grande fluxo de pessoas e servidores, casos da Educação, Cultura e Esporte. Além da capacitação dos servidores, a aquisição de equipamentos de proteção e álcool-gel já está em andamento.

O tema coronavírus também está sendo tratado pela Secretaria de Saúde junto aos hospitais da cidade. Nas tratativas, estão sendo definidas as medidas a serem adotadas no município quanto ao atendimento ofertado a pacientes com sintomas da doença. O assunto foi abordado em reunião conjunta na semana passada.

Estão previstos treinamentos com funcionários das instituições, conforme protoloco para a recepção de pacientes, além de assistência médica e de enfermagem.

Catanduva aguarda resultado de exames de um caso suspeito do coronavírus. A paciente tem 54 anos e viajou para a França e a Inglaterra. Posteriormente, apresentou sintomas leves da doença. Ela foi atendida em casa por equipe da saúde e permanece em isolamento domiciliar.

Todas as pessoas que tiveram contato com ela estão sendo monitoradas e orientadas em relação aos sinais e sintomas da infecção pelo novo vírus.

TCU autoriza renovação da concessão d…

25-05-2020 Hits:138 Região Fabio

O parecer foi aprovado por trinta anos e irá beneficiar os trechos de Araraquara, Pradópolis, Barretos e Colômbia. O investimento na malha paulista deve chegar aos seis bilhões de reais.