O segundo dia da Feira do Empreendedor (FEDigital 2020), organizada pelo Sebrae-SP e Sebrae-PR, ofereceu um dia completo com elementos e experiências que colaboraram para fortalecer os negócios dos empreendedores. No total, foram 17 palestras, talks, oficinas e até mesmo um capítulo de websérie com cases de sucesso, dicas sobre gestão, finanças, experiência do cliente, inovação, técnicas de gestão de tempo, poder da decisão e de habilidades para o futuro. A adaptação e digitalização dos negócios durante o período de pandemia também permearam as temáticas do evento. Até esta segunda-feira (23), o evento contava com 36 mil inscritos.

A maior feira de empreendedorismo da América Latina acontece de maneira 100% digital até o dia 26 de novembro com mais de 70 atrações.

O diretor de Administração e Finanças do Sebrae-PR, José Gava Neto, fez a abertura do segundo dia da Feira e reforçou o sentido do evento. "Concentramos aqui as melhores informações e oportunidades para ajudar quem já está no mercado, quem precisa repensar seu modelo de negócio ou mesmo quem pretende iniciar um empreendimento. De forma digital, vamos conectar nossos sonhos, compartilhar informações, fazer negócios e fortalecer o País para superarmos esse momento de grandes desafios", afirmou.

O especialista em Estratégias de Marketing Digital, Hector Cabral, apresentou suas ideias sobre os impactos da transformação digital. "As empresas precisam se transformar e trazer o digital para o seu negócio, mas isso não significa apenas inserir tecnologia. Transformação digital não é sobre isso, é sobre pessoas e sobre relacionamentos. É usar uma base tecnológica para melhorar processos e resultados", analisou.

A sócia e fundadora do Movimento Black Money, hub de inovação para inserção e autonomia da comunidade negra na era digital, Nina Silva, pontuou em sua palestra a importância da inserção de grupos "minorizados" na Era da Tecnologia.

"É fundamental falarmos e trabalharmos efetivamente para termos equidade social. A partir da transformação digital é que conseguimos reequilibrar essa balança. Diversificar a equipe, menos com aprovação mercadológica e mais com validação interna é um caminho", afirmou Nina.

Na sequência, o consultor de Inovação em Startups Adriano Spanhol e a especialista em empreendedorismo feminino, Camila Firmiano, debateram sobre os efeitos da pandemia nos negócios. Para eles, o essencial é manter a mente focada nos objetivos e atenta à nova realidade do mercado. Depois, a empresária Elaine Sefrian Peinado falou sobre as sete habilidades do futuro: adaptação ativa/aprendizado; criatividade/iniciativa/inovação; liderança; inteligência emocional; resolução de problemas complexos; tecnologia; e design.

Na linha das habilidades essenciais para os empreendedores, o público pode acompanhar palestras sobre práticas que podem fazer a diferença no futuro. Foi o caso do painel com o administrador, Jean Matos, que falou sobre gestão de tempo e sobre a importância de equilibrar o tempo e a capacidade de realização de tarefas essenciais. Já a empreendedora Katia Teixeira abordou a importância da tomada de decisões assertivas para o sucesso do negócio.

Seguindo a programação, o sócio do Instituto Êxito de Empreendedorismo, André Sanches, trouxe a chamada Metodologia Ágil, que se baseia em acreditar no potencial, garantir aprendizados, ter indicadores de sucesso e se libertar para a vida. Ele explicou que a adaptação é a capacidade mais importante para os empreendedores que buscam desenvolver seus negócios.

"A principal causa do fracasso dos empresários é a baixa capacidade de adaptação frente aos desafios. Todo empreendedor de sucesso precisa enxergar os desafios como oportunidades de crescimento. Mas é preciso ser ágil na capacidade de se adaptar a esses desafios", explicou.

Cases e práticas

A consultora do Sebrae-PR Rosangela Angonese recebeu a consultora de gestão de pessoas Ana Paula Frizzo para um bate-papo sobre a importância da liderança em ambientes de equipe. Segundo Ana Paula, é preciso que a empresa possa oferecer seus propósitos e ressaltar seus diferenciais para atrair colaboradores de qualidade. Ela ressaltou a importância de um processo seletivo focado em testes práticos para entender como o colaborador pode resolver os problemas apresentados e destacou que é preciso engajar e explicar ao colaborador a importância de seu trabalho na empresa.

"A capacitação contínua é um dos elementos que farão a pessoa continuar na empresa. É preciso oferecer aprendizados, engajá-los com novos projetos e oferecer boas oportunidades de crescimento e reconhecimento", ressaltou.

Na sequência, João Diniz, criador do Jhonn Barber, barbearia que se destacou em Ponta Grossa (PR) e abriu filiais em Curitiba e São Paulo, estreou a série de Oficinas Show. O empreendedor investiu no serviço de beleza masculina com foco na qualidade e na personalização, no relacionamento com clientes e na inovação dos serviços. Direto da sua empresa, relatou estratégias de marketing, vendas e finanças.

Segundo ele, é preciso entender seu negócio, fazer uma projeção de resultados, mas estar preparado para realizar as mudanças necessárias.

"Você precisa gerar um diferencial e entender a necessidade do cliente. Entre um corte de cabelo e outro temos que pensar nos cuidados com os clientes, que são considerados como amigos", destacou Diniz.

O evento ainda apresentou o segundo episódio da websérie Vida de Empreendedor, produzida pelo Sebrae-PR. Três empreendedores de diferentes segmentos contaram detalhes sobre as etapas de testes de seus negócios junto ao público e como colocaram as ideias em prática. A validação contínua de novos produtos, serviços e processos e a capacidade de rápida adaptação estiveram entre as tônicas dos discursos.

As técnicas de um bom empreendedor

Elaine Sefrain, proprietária da 3W Inteligência Empresarial, de Toledo, apresentou aos inscritos algumas dicas básicas sobre gestão de empresas. A empreendedora afirmou que é essencial saber os números da empresa, em relação ao controle do fluxo de caixa e apuração de lucros.

"O empreendedor tem que saber onde está o seu dinheiro e entender o ciclo financeiro da empresa. Nem toda venda se converte em lucro, é preciso um controle das entradas e saídas do dinheiro", fixou Elaine.

Por fim, Jacqueline Gomes, CEO da empresa no Coração do Cliente, ressaltou a importância do empreendedor pensar na experiência do cliente como um diferencial para o seu sucesso. Ela realizou um paralelo do trabalho realizado pela Disney, que possui uma cultura de orientação para as necessidades do cliente.

"Um atendimento de excelência gera conexões emocionais, cria vínculos e muda a forma de se relacionar com eles. A maneira como você entrega o produto é tão importante quanto o produto em si", explicou Jacqueline.

Já no final do segundo dia da Feiral, o gerente de produtos da Senior Sistemas, Fernando Silva, falou sobre a utilização da tecnologia para a potencialização do negócio. O executivo destacou plataformas de CRM para o acompanhamento de estratégias de vendas e a importância do inbound marketing, além da ferramenta de ERP para o controle das operações financeiras.

A Feira do Empreendedor 2020 acontece até o dia 26 de novembro, de maneira completamente digital. Para se inscrever, acompanhar todos os conteúdos e assistir ao que aconteceu no primeiro dia do evento, acesse: https://feiradoempreendedor2020.com.br/.

Fonte: SEBRAE-SP

Cacau Show realiza Promoção Páscoa Lo…

20-02-2021 Hits:149 Nacional Fabio

Os participantes concorrem a 5 Jeep Renegade, Ovos Gigantes e Vales Chocolates