A Prefeitura de Catanduva, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura, iniciará, em dez dias, a limpeza compulsória em terrenos e imóveis abandonados em toda a cidade. O serviço se aplica aos imóveis onde for constatada a falta de manutenção.

Diante disso, as áreas que estiverem em estado de abandono serão limpas e os proprietários autuados de acordo com a Lei Municipal 893/17. A legislação também prevê que a prefeitura faça a fiscalização de áreas que não estejam no cronograma e necessitam de urgência na limpeza, por conta do risco que pode trazer para a saúde dos munícipes.

Para o cronograma de trabalhos, a cidade foi dividida em quatro setores com execução dos trabalhos conforme o seguinte cronograma:

Setor 1 - Início a partir dos bairros Residencial Juliatti de Carvalho, Raul de Carvalho, Jardim Caparroz, Jardim Júlia Caparroz, Jardim do Bosque e Glorias IV, III, II, I;

Setor 2 - Início a partir dos bairros Agudo Romão I e II, Parque José Cury, Santa Paula, Martani e Del Rey;

Setor 3 - Início a partir dos bairros Pedro Monteleone, Jardim dos Coqueiros I e II, Joaquim Lopes, Gran Ville, Jardim Soto;

Setor 4 - Início a partir dos bairros Glória V, Boa Esperança, Jardim Vertoni, São Domingos, Solo I e II.

De forma paralela, a Prefeitura dá andamento às demandas de limpeza em áreas e espaços públicos. Atualmente, o cronograma de trabalho se concentra no Terminal Rodoviário João Caparroz, Parque Mandaçaí, Theodoro Rosa Filho, Nova Catanduva 1, Cidade Jardim e Igreja Apóstolo São Paulo.

Fonte: Prefeitura de Catanduva

BOLETIM CORONAVÍRUS - 09/05/2020

09-05-2020 Hits:737 Saúde Fabio

Boletim do Coronavírus revela que dos 42 casos confirmados, 23 estão curados. Há, atualmente, 14 pessoas internadas com suspeita ou confirmação da doença.