O Núcleo Temporário de Fiscalização Covid-19 da Prefeitura de Catanduva, liderado pela equipe da Vigilância Sanitária, iniciou nova etapa de vistorias e orientações aos estabelecimentos da cidade. Nesta rodada, serão priorizados segmentos que foram impactados de forma direta pela flexibilização da fase amarela do Plano São Paulo.

Os fiscais vão percorrer academias e centros de ginástica, salões, barbearias, serviços de beleza e estética, e estabelecimentos de alimentação com consumação no local. Desde a segunda-feira, dia 7, esses setores puderam retomar suas atividades, mas com restrições de procedimentos, horário e capacidade do local.

O objetivo é instruir os proprietários quanto aos protocolos intersetoriais e setoriais constantes no Plano São Paulo. Esse regramento visa permitir a retomada das atividades econômicas de forma segura, reduzindo riscos à saúde dos clientes e colaboradores. Após a etapa de orientação, as infrações estarão sujeitas à multa.

Números

Desde o início da quarentena, o Núcleo de Fiscalização realizou 4.532 vistorias e orientações em estabelecimentos do município. Esse trabalho desencadeou 179 autuações e a aplicação de 75 multas. Três estabelecimentos foram interditados.

Fonte: Prefeitura de Catanduva

Gestão humanizada e inclusiva: o segred…

29-08-2020 Hits:102 Economia Fabio

As mudanças nas práticas de gestão inspiram companhias a apostarem em capital humano mais inclusivo e longevo. O mercado brasileiro ainda se adapta a este modelo, mas empresas que já...