Jogando em casa, na tarde deste sábado, o Tigre entrou em campo pela última rodada da fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro pensando em somar pontos para ter uma boa colocação na classificação geral do campeonato, já que, garantiu a vaga na próxima fase com 4 rodadas de antecedência. A partida ficou empatada em 0 a 0.  

"Nós esperávamos um jogo aberto, já que não tínhamos o que perder e a equipe adversária precisava da vitória para avançar à próxima fase da competição. Mas as defesas acabaram segurando os ataques, e a partida terminou em 0 a 0", disse o técnico Roberto Fonseca.  

O zagueiro Edson Silva analisou a partida e falou sobre o foco para a próxima fase. 

"Foi uma partida difícil, como todas estão sendo nessa Série D, o que já era esperado por nós, já que eles estavam brigando pela classificação. Sabíamos da proposta e qualidade da equipe deles, então esse empate foi um bom resultado, já que implantamos o nosso conceito de jogos, e tivemos boas chances de marcar. Fizemos uma ótima primeira fase, e vamos trabalhar para manter o nível no mata-mata". 

"Temos um mata-mata muito difícil pela frente, onde vamos enfrentar o Cascavel, e agora é foco total nessa semana cheia que teremos para nos preparar para enfrentar esse adversário que temos pela frente. É uma Série D que tem elevado o nível a um âmbito nacional, e por isso precisamos ter um nível de concentração maior para encarar o que vier pela frente", finalizou o técnico.  

 Agora o Novorizontino jogará a segunda fase, que é em formato mata-mata. O Tigre enfrentará o Cascavel, que terminou a fase de grupos como o 4º colocado do Grupo 7, em partidas de ida e volta, com datas e horários a serem definidos pela CBF. O Novorizontino decidirá em casa, por ter campanha melhor. 

 

FICHA TÉCNICA 

Novorizontino 0x0 Joinville 

14ª rodada da 1ª fase – Série D do Brasileiro 

28/11/2020, 15h 

Estádio Jorge Ismael de Biasi - SP 

 

Árbitro 

Rafael Odilio Ramos dos Santos. 

 

Cartões amarelos 

Novorizontino: Adriano e Barba. 

Joinville: Davi Lopes, Chrystian e Ratinho. 

 

Cartão vermelho 

Joinville: Rodrigo Rezende (preparador físico). 

 

ESCALAÇÕES  

Novorizontino: 

Giovanni; Felipe Rodrigues, Adriano (Adrian Sander), Edson Silva e Paulinho; Willean Lepo (Barba), Léo Baiano e Danielzinho; Cléo Silva (Pereira), Deivid (Caio Monteiro) e Guilherme Queiroz (Batista).  

Técnico: Roberto Fonseca.  

 

Joinville: 

Volpi; Renan Guedes, Jaques, Fernando e Renan Castro (Mayk); Caio Mello; Davi Lopes (Kadu) e Lucas de Sá (Chrystian); Ratinho (Luquinhas), Diego (Kaynan) e Alison.  

Técnico: William Fabro.  

 

Datafolha: Bicicleta e aplicativos de vi…

30-10-2020 Hits:471 Nacional Fabio

Táxi comum fica em terceiro lugar e transporte público em quarto na preferência entre quem não possui veículo. Motivos principais para escolha são o nível de aglomeração e a segurança...