O isolamento social é uma das principais ferramentas para coibir o avanço do coronavírus, que se tornou um problema global. Diante dessa situação, o Instituto Municipal de Ensino Superior - Imes Catanduva determinou a antecipação das férias acadêmicas para o período da quarentena.

A ordem, que segue a deliberação do Conselho Estadual de Educação de São Paulo, estabelece que o recesso escolar seja adotado entre os dias 30 de março e 16 de abril. Caso a volta às aulas seja determinada antes desse prazo, novas regras serão repassadas tanto ao corpo docente, quanto aos alunos.

“Nosso calendário escolar será reformulado para garantir os 200 dias letivos. O que foi feito é a antecipação do recesso, que havia sido fixado no calendário do início do ano, entre os dias 10 e 25 de julho, e, nesse período, a partir de agora, haverá aulas normalmente”, destaca a diretora Maria Lúcia Miranda Chiliga.

Atendimentos suspensos

Os atendimentos na clínicas de Fisioterapia e de Psicologia permanecem suspensos no período de quarentena. Já a Clínica-Escola de Odontologia realiza o atendimento de urgência e emergência prestado pelos professores do curso.

O atendimento ao público, que é realizado pela Assistência Jurídica do Imes, também está interrompido. Os docentes realizam as consultas de forma online.

Os funcionários que fazem parte do grupo de risco estão trabalhando em regime home office, conforme recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Equipe da Saúde inicia capacitação pr…

16-03-2020 Hits:658 Saúde Fabio

A Prefeitura de Catanduva está preparando suas equipes para desenvolver ações preventivas e, se necessário, de enfrentamento ao coronavírus.