A mudança e queda das temperaturas anuncia a chegada do inverno, que começa na tarde desta sexta-feira, dia 21. Manter as crianças bem agasalhadas é apenas o primeiro cuidado para garantir o bem-estar nesta época do ano, mas existem outras atitudes essenciais para evitar doenças e também acidentes domésticos. Por isso, o Pequeno Príncipe, maior e mais completo hospital pediátrico do país, orienta pais e familiares com dicas de segurança para os pequenos neste período.

1 - Banhos mornos para uma pele saudável

Os bebês têm a pele mais seca do que crianças maiores e adolescentes. Por isso, banhos prolongados podem ressecar a pele e facilitar o surgimento de dermatites. Prefira banhos mornos, com sabão na medida certa, e mantenha a água a aproximadamente 38°C.

  • Dica: esquente o ambiente do banheiro antes de iniciar o banho!

2 - Sono aconchegante e sem acidentes

Noites frias podem incentivar os pais a dormir com os filhos, mas isso pode ser perigoso. Evite acidentes mantendo o berço ou a cama aconchegantes e deixe a criança agasalhada na medida certa. Luvas e meias ajudam a manter as extremidades aquecidas.

  • Dica: observe sinais de suor ou brotoejas no pescoço para ajustar a quantidade de roupa!

3 - Evite lugares fechados

No inverno, o aumento de infecções respiratórias é significativo. Evite ambientes fechados e com aglomeração. Se for necessário expor-se, mantenha a higiene correta das mãos. Em casa, conserve os ambientes livres de pó e mofo.

  • Dica: ventile bem os cômodos e lave casacos e cobertores guardados!

4 - Hidratação e alimentação adequadas

Hidrate bem as crianças e ofereça uma alimentação rica em frutas e vegetais, especialmente com vitamina C (verduras verde-escuras, laranja, acerola e goiaba). Isso ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

  • Dica: inclua fontes de zinco na dieta, como leguminosas, carnes, cereais e sementes!

5 - Proteção completa com vacinação

A baixa cobertura vacinal aumenta os casos de doenças respiratórias. Verifique se a imunização da criança está em dia. É importante incluir as vacinas contra influenza e COVID-19.

  • Dica: verifique com o pediatra as vacinas indicadas para cada faixa etária!

6 - Mantenha consultas e exames em dia

O acompanhamento regular com um pediatra é muito importante. Esse é o profissional indicado para fornecer todas as orientações necessárias aos pais ou responsáveis pela criança, além de recomendar o tratamento para recuperar a saúde e ações para prevenir doenças.

  • Dica: evite a exposição desnecessária da criança a ambientes hospitalares!

*Com informações do pediatra Eduardo Maranhão Gubert, que atua no Hospital Pequeno Príncipe.

 

Sobre o Pequeno Príncipe

Com sede em Curitiba (PR), o Pequeno Príncipe, maior e mais completo hospital exclusivamente pediátrico do país, é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que oferece assistência hospitalar há mais de 100 anos para crianças e adolescentes de todo o país. Disponibiliza consultas e é referência nacional em tratamentos de média e alta complexidade, como transplantes de rim, fígado, coração, ossos e medula óssea. Com 369 leitos, incluído 76 em UTIs (Geral, Cirúrgica, Neonatal e de Cardiologia), atende em 47 especialidades e áreas da pediatria que contemplam diagnóstico e tratamento, com equipes multiprofissionais. Promove 60% dos atendimentos via Sistema Único de Saúde (SUS) e, em 2023, realizou mais de 227 mil atendimentos ambulatoriais, 20 mil cirurgias e 307 transplantes. Também no ano passado, pela terceira vez consecutiva, a instituição figurou como o melhor hospital exclusivamente pediátrico da América Latina, em um ranking anual elaborado pela revista norte-americana Newsweek.

Fonte: Hospital Pequeno Príncipe

4 dicas para transformar o banho das cri…

15-06-2021 Hits:1685 Nacional Fabio

A hora do banho é um momento que divide opiniões entre as crianças, enquanto umas amam o contato com a água, outras não gostam muito. Mas, é possível transformar esse...