Em 2020, a AB Triângulo do Sol recolheu 514 toneladas de lixo das rodovias sob concessão. Da rodovia SP-310, entre São Carlos e Mirassol (trecho de 226 quilômetros de extensão), foram retiradas 202,5 toneladas. Já das rodovias SP-326, de Matão a Bebedouro (trecho com 86 quilômetros) e SP-333, entre Sertãozinho e Borborema (trecho com 126 quilômetros), foram coletadas 155 e 156,5 toneladas de lixo, respectivamente.

Na comparação com 2019, a concessionária registrou uma redução de 5% na quantidade de materiais retirados das rodovias. “Estas 26 toneladas a menos podem ter relação com a diminuição do número de veículos que trafegaram pelas estradas, a partir de março do ano passado, devido à pandemia de covid-19”, observa o engenheiro de conservação da AB Triângulo do Sol, Diego Belasco.

Ainda de acordo com Belasco, os materiais mais encontrados nas rodovias são restos de pneus, que se soltam dos veículos em movimento, garrafas plásticas, papel e latas de alumínio, invariavelmente descartados pelos usuários. Entre outros vários itens, também são encontrados móveis e eletrodomésticos velhos, como sofás, cadeiras, geladeiras e televisores, e resíduos de construção civil, frequentemente localizados nos trechos urbanos.

A limpeza das rodovias administradas pela AB Triângulo do Sol é feita por cerca de 40 trabalhadores que percorrem as rodovias todos os dias fazendo a recolha dos resíduos. Após a coleta, os materiais são armazenados em sacos ou caçambas e transportados por caminhões até os locais de destino, como aterros sanitários licenciados e empresas de reciclagem.

Consequências

Além de servir de foco para proliferação de mosquitos, como o Aedes aegypti, o lixo abandonado nas rodovias pode obstruir o sistema de drenagem das pistas, causando danos estruturais à rede, poluir áreas de preservação ambiental e ainda provocar acidentes de trânsito. O lixo deixado nas estradas, como restos de comida em sacos plásticos, é também um atrativo para os animais, que podem ser atropelados e/ou morrerem por sufocamento ao tentarem se alimentar.

A prática de jogar lixo em terrenos baldios, margens de estradas e rodovias, ou mesmo em cursos d’água, é considerada crime ambiental, de acordo com a Lei 9.605 de 12 de fevereiro de 1998. Esta lei determina sanções penais e administrativas referentes às condutas e atividades lesivas ao meio ambiente.

Atirar do veículo ou abandonar na via objetos ou substâncias, o que pode causar acidentes e prejudicar os demais motoristas, é infração média, prevista no artigo 172 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O condutor pode ser multado em R$ 130,16 e perder quatro pontos na carteira de habilitação.

AB Triângulo do Sol I Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo

A concessionária AB Triângulo do Sol é responsável pela administração de 442 quilômetros de rodovias que compreendem o Lote 9 do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo: Rodovia Washington Luís (SP-310), entre São Carlos e Mirassol; Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP-326), de Matão a Bebedouro; e Rodovia Carlos Tonanni / Nemésio Cadetti / Laurentino Mascari / Dr. Mario Gentil (SP-333), entre Sertãozinho e Borborema.

AB Triângulo do Sol I AB Concessões

A concessionária AB Triângulo do Sol pertence à AB Concessões, que tem como controlador um dos maiores Grupos em concessões rodoviárias do mundo – o italiano Atlantia. A AB Concessões figura entre as principais companhias de concessão de rodovias do Brasil e administra mais de 1,5 mil quilômetros de rodovias, sendo responsável pelas concessionárias paulistas AB Triângulo do Sol e AB Colinas, e no estado de Minas Gerais, a AB Nascentes das Gerais.

Fonte: AB Triângulo do Sol

 

Catanduva confirma 197º óbito por coro…

28-01-2021 Hits:320 Saúde Fabio

Boletim do coronavírus são 7.079 casos confirmados, sendo que 6.739 pacientes estão curados.