O deputado Sebastião Santos (Republicanos) visitou no dia 30 de novembro de 2020, o município de Adolfo, que completou 61 anos de emancipação política.  O republicano parabenizou o prefeito Izael Antônio Fernandes (Chem), a primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Joana Fernandes, e o vice-prefeito Nelsinho Gimenez, pelo convite.

Ainda durante a visita, Sebastião recebeu dois pedidos do executivo de Adolfo. Um deles é a indicação de recursos financeiros para instalação e construção de um complexo social abrigando os setores do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Fundo Social de Solidariedade, para adequação ao atendimento do publico. O outro é referente à doação de um carro para Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), que será utilizado para visitas de famílias que residem no perímetro urbano e central, além do atendimento rotineiro do setor da assistência.

“Adolfo está localizada em uma região que está em franco crescimento no desenvolvimento social e cultural. Não podemos esquecer que a cidade também é município de interesse turístico, aonde sua geração de renda e fluxo de trabalho vem do turismo de pesca esportiva, além da abertura de novos polos industriais, possibilitando a abertura de novos empregos”, disse Santos, após receber documentação com pedidos de recursos para cidade.

Santos também esteve no início de agosto participando da inauguração da iluminação publica do distrito industrial “João Theodoro de Deus”, onde serão instaladas e construídas 14 novas empresas. O recurso no valor de R$ 400 mil foi destinado através de emenda parlamentar.


“Esse recurso foi destinado pois acreditamos que o local será polo de grandes empresas, gerando novos empregos e renda ao município. Quem ganha é a população e os empresários”, esclareceu Sebastião.

Texto e fotos: Abrahão Hackme / Assessor de Imprensa – Deputado Estadual Sebastião Santos (Republicanos)

Rumo lança quarta edição do Relatóri…

25-07-2020 Hits:625 Nacional Fabio

Empresa tem como meta reduzir em 15% as emissões específicas de gases de efeito estufa das locomotivas até 2025