Incremento que se mantém, apesar da crise mundial provocada pelo novo coronavírus. A balança comercial de Catanduva movimentou US$ 108,57 milhões em 2020. O resultado leva em consideração o acumulado de janeiro a junho e faz parte do acompanhamento mensal divulgado pelo Ministério da Economia.

Com exportações em alta, na casa dos US$ 111,23 milhões, a participação do município subiu 38,7% no comparativo com o primeiro semestre de 2019. Diante desse cenário, com cada vez mais produtos direcionados ao mercado exterior, Catanduva figura na 39ª posição no ranking dos municípios paulistas.

Na lista dos itens mais procurados estão os açúcares de cana (44%), extratos e essências de café (28%), óleo de amendoim (19%) e, em menor proporção, sumos de frutas (3,6%). Entre os países parceiros estão a China (19%), Japão (8%), Itália (7,5%), Malásia (6,1%) e Coreia do Sul (5,7%).

Ao contrário das exportações, que seguem aquecidas, as importações feitas pelas empresas locais caíram 36,4% no comparativo entre o primeiro semestre de 2020 e 2019. Foram movimentados US$ 2,66 milhões em produtos que vieram do exterior.

Itália (32%), Japão (30%), China (21%), Índia (4,3%) e Estados Unidos (3,9%) foram os principais fornecedores para Catanduva. Entre os produtos importados estão as máquinas e aparelhos para impressão (30%), bombas para líquidos (14%), torneiras e válvulas (12%), além de fios e cabos (7,2%).

“Apesar de toda a delicada situação enfrentada no mundo todo, tivemos um bom desempenho com relação à exportação. Resultado que torna nossa economia aquecida, com a esperança de uma retomada, quando a pandemia terminar”, destaca a secretária de Desenvolvimento, Beatriz Trigo.

Fonte: Prefeitura de Catanduva

Outback Steakhouse anuncia fechamento te…

22-03-2020 Hits:667 Economia Fabio

A Bloomin' Brands tomou a decisão de fechar, temporariamente, todas as unidades do restaurante Outback Steakhouse no Brasil, a partir de 22 de março, medida que ajuda a garantir o...