A Diretoria Executiva da Fundação Padre Albino (FPA) se reuniu com a diretoria da Associação de Assistência ao Hospital Emílio Carlos (AEC) para iniciar o planejamento da reforma da Ala Azul, o mais antigo setor de internação da instituição. A reunião foi o pontapé inicial para a construção do projeto de reforma. Com a planta na mão, os membros da AEC e FPA discutiram as necessidades da obra que deve contemplar leitos, posto de enfermagem, banheiros, corredores e demais setores.

“Fazer parte dessa melhoria é uma satisfação muito grande para nós da AEC. Saber que estamos contribuindo para entregar saúde e assistência de qualidade e que as pessoas serão acolhidas com conforto e segurança é algo imensurável. Estamos seguindo a missão deixada por Padre Albino e pelo meu sogro, Benedito Zancaner, e dando sequência ao legado do Marcelo Gimenes, que plantou essa semente de ajudar o Hospital Emílio Carlos”, pontuou Silvio Bueno, presidente da AEC.

A AEC, em parceria com a FPA, é responsável pela reforma de várias alas, num total de R$ 4,3 milhões investidos. "É com muita alegria que recebemos a AEC para mais uma parceria que tem beneficiado a população de 19 municípios, dos quais somos referência no atendimento de saúde. Essa parceria é fundamental para a qualidade da assistência que o hospital oferece aos pacientes", ressaltou Reginaldo Donizeti Lopes, presidente da Diretoria Executiva da FPA.

Na última obra entregue, a Ala Verde, a Fundação homenageou o trabalho iniciado por Marcelo Gimenes, empresário falecido em 2023, então presidente da AEC, dando seu nome aos setores.

As ações para a reforma da Ala Azul devem começar em 2024, com previsão para início das obras em 2025.

Fonte: Mauro Assi  - Fundação Padre Albino

O ano letivo de 2020 está perdido? Prof…

20-11-2020 Hits:1889 Educação Fabio

Ano letivo atípico impôs aos educadores a necessidade de também reverem os métodos de avaliar o desempenho de seus alunos, apontam especialistas em Educação ouvidos pela Base2edu