"Ubuntu" aborda cultura negra em 26 espaços em Catanduva

Cultura
Typography

A “Mostra Ubuntu - A África em Nós”, realizada pela primeira vez em Catanduva, terá ações descentralizadas em 26 espaços da cidade entre os dias 11 e 19 de novembro, promovendo a aproximação da arte e da cultura negra com todos os públicos. A programação completa está disponível no sitewww.catanduva.sp.gov.br.

 

A atividade mobilizará escolas, faculdades, praças, unidades da assistência social, Centro Cultural, Estação Cultura, Conjunto Esportivo, Sesc e Associação Dell’arte.

 

O evento tem como inspiração a Semana da Consciência Negra, celebração que reafirma a importância e a forte ligação dos negros com a história do Brasil.

 

A programação abarcará variadas expressões artísticas com 24 apresentações, entre espetáculos de teatro, dança, música, contação de histórias, performance, artesanato, artes plásticas, gastronomia, literatura e cinema. Além disso, serão realizadas 13 oficinas e quatro rodas de conversa.

 

A diversidade de expressões e formatos, a abrangência territorial e a intensa programação darão a importância merecida ao tema de maneira inédita em Catanduva.

 

“Por meio de suas ações, o projeto conscientiza sobre a contribuição africana em nossa cultura. Proporciona, a diferentes públicos, um amplo espaço para reflexões, valoração da vivência e cultura afro-brasileira, além de estimular o movimento negro em Catanduva”, afirma a diretora de Cultura.

 

Realização

A Mostra Ubuntu – A África em Nós é uma realização da Prefeitura de Catanduva, por meio das Secretarias de Cultura e Educação, em conjunto com o Sesc Catanduva e a Associação Dell'arte. A abertura é neste sábado, dia 11, a partir das 10 horas, no Espaço Cultural da Praça 9 de Julho. A entrada é gratuita.

 

A iniciativa tem parceria do Jornal O Regional, Instituto Federal, Faculdades Integradas Padre Albino (Fipa), Grupo Guilherme de Almeida, Martha Ocon e Grupo Flor de Chita.