A baixa movimentação urbana, fruto do isolamento social, tem criado condições favoráveis para a incidência de pragas nas grandes cidades, como os escorpiões. Com parte dos imóveis ainda fechados, o cuidado e a atenção da população como os ataques destes aracnídeos devem ser redobrados. Por isso, no mês em que se comemora o dia mundial do controle urbanas, a bióloga e Coordenadora de Field Solutions da Bayer, Maria Fernanda Zarzuela, traz algumas dicas de prevenção deste animal peçonhento.
Segundo o Ministério da Saúde, o número de episódios com esta praga no País quadriplicou em dez anos, passando de 40.287, em 2008, para 156.833, em 2018. O aumento destas ocorrências é resultado das interferências feitas pelo homem no meio ambiente - a construção desordenada e o descarte inadequado de lixo, especialmente material de construção, são condições que propiciam a proliferação.
No Brasil, duas espécies de escorpiões são mais comuns: a Tityus serrulatus (escorpião amarelo) e a Tityus bahiensis (escorpião marrom), mas para Maria Fernanda Zarzuela, o amarelo é a que mais preocupa em termos de saúde pública.
"A composição química de seu veneno é altamente tóxica, e, por isso, é considerado um dos mais perigosos. Uma característica essencial desta espécie é a partenogênese, um tipo de reprodução sem a presença de um macho - que pode chegar até 50 filhotes por ano", comenta.
Como evitar a incidência de escorpiões?
Os escorpiões são animais terrestres, com hábitos noturnos, abrigando-se durante o dia em locais como: troncos de árvores, pedras, lajes, porões e locais úmidos. Eles entram nas casas em busca de esconderijos e de alimento.
"Estas pragas são predadores ativos e suas principais presas são as baratas, cupins, grilos e aranhas de pequeno porte. Desta forma, fala-se muito sobre a importância de manter infestações de baratas sob controle, com desinsetizações constantes, e manter as áreas limpas, sem restos de comida", cometa Maria Fernanda.
Além da manutenção e higienização dos ambientes, a escolha de um produto adequado para o controle do escorpião é essencial. Os produtos que fazem o combate a estes tipos de pragas têm venda controlada, portanto é necessário entrar em contato com empresas especializadas em desinsetização e com equipes treinadas para realizar a aplicação do inseticida.
"Quando identificada a presença desses animais, uma empresa de controle de pragas especializada deve ser chamada. A Bayer possui um Programa de Proteção, uma parceria com controladoras de pragas selecionadas para oferecer o melhor serviço para o consumidor", finaliza Maria Fernanda.
Os profissionais podem ser localizados de acordo com a região do País, basta acessar site: http://www.bayer.com.br.
Sobre a Bayer
A Bayer é uma empresa global focada em Ciências da Vida nas áreas de saúde e nutrição. Seus produtos e serviços são desenvolvidos para beneficiar pessoas apoiando-as para superar os maiores desafios apresentados pelo crescimento e envelhecimento populacional. Além disso, a companhia visa criar valor por meio da inovação e crescimento. A Bayer é comprometida com os princípios do desenvolvimento sustentável e a marca Bayer representa confiança, credibilidade e qualidade ao redor do mundo. No ano fiscal de 2019, com cerca de 104 mil colaboradores, obteve vendas de € 43.5 bilhões. Os investimentos totalizaram € 2,9 bilhões e as despesas com Pesquisa & Desenvolvimento somaram € 5,3 bilhões. Para mais informações, acesse www.bayer.com.br .
Declarações prospectivas
Este comunicado pode conter declarações prospectivas baseadas nas previsões atuais da equipe executiva da Bayer. Diversos riscos, incertezas e outros fatores, conhecidos ou desconhecidos, podem gerar diferenças materiais entre os reais e futuros resultados, situações financeiras, desenvolvimentos e desempenhos da empresa e as estimativas apresentadas aqui. Esses fatores incluem aqueles discutidos nos relatórios públicos da Bayer, disponíveis no site da empresa: http://www.bayer.com. A companhia se isenta de qualquer responsabilidade pela atualização destas declarações prospectivas e pela precisão de eventos e desenvolvimentos futuros.
 
Fonte: JeffreyGroup