O uso de máscaras e do álcool gel na prevenção contra o Covid-19 e suas variantes já fazem parte da rotina da população brasileira. Porém, o que mais tem chamado a atenção de especialistas odontológicos é a falta de conscientização voltada a importância da higiene bucal neste momento. Segundo o odontologista da One Clinic, Leonardo Panza, a boca é uma das portas de entrada do nosso corpo e ligada ao sistema respiratório e por isso, se não há um cuidado com a higiene bucal, essa região úmida do corpo humano fica propensa a proliferação de bactérias indesejadas, as quais podem levar a infecções oportunistas. "No caso do Covid-19, uma pessoa infectada terá seu quadro possivelmente ainda mais agravado, chegando a se ter a necessidade de internações em casos onde isso talvez não fosse necessário", completa.

Uma pesquisa interna realizada na clínica, de 2 a 15 de março, ouvindo 1.000 pessoas, entre pacientes e ex-pacientes revelou que a maior dificuldade das famílias está em manter sua rotina de higiene bucal, principalmente das crianças. "O primeiro passo é não relaxar nos horários de escovação. Com as pessoas em casa, alguns hábitos vão se perdendo ou misturando a outras atividades. A escovação do almoço, acaba sendo feita só depois do jantar e aí que mora o perigo", alerta Dr. Panza.

Para não sair da linha com a higiene bucal diária, especialistas relacionaram 3 orientações neste período que vão garantir um bom cuidado neste momento:

- Disciplina na higienização bucal: Deve ser realizada sempre após as refeições (café da manhã, almoço e jantar);

- O uso do fio dental é responsável por 30% da higienização, por isso, é necessário utilizá-lo sempre no início, antes da escovação;

- O uso de enxaguantes bucais também ajuda na maior eficiência da higienização. Os mais recomendados são os que não possuem álcool.

Fonte:Daniella Gasparini - Casa1 Comunicação

Mutirão do bem acolhe moradores e retir…

08-03-2020 Hits:541 Cidade Fabio

Ação coordenada pela Prefeitura de Catanduva resultou em quatro moradores em situação de rua acolhidos por equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social.