Neste ano, o tema adotado para a campanha pela Associação Nacional de Atenção ao Diabetes (ANAD) é  o "acesso aos cuidados de diabetes". O propósito é discutir o acesso aos tratamentos, cuidados e apoio contínuo dos pacientes com diabetes. No Complexo Funfarme, os pacientes com diabetes são atendidos em um ambulatório específico para o controle e conscientização a respeito da doença.

O Diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz. Segundo a International Diabetes Federation, entidade ligada à ONU, existem no mundo mais de 537 milhões de pessoas com diabetes no mundo. A doença não tem cura, mas com tratamento e acompanhamento adequado, o paciente pode manter o bem-estar e evitar possíveis complicações decorrentes da doença.

Sabendo da necessidade e importância de fazer o acompanhamento constante da doença, o serviço de Endocrinologia do Complexo Funfarme tem um ambulatório especializados em diabetes e suas complicações, sendo um dos únicos serviços da região a possuir um grupo de debates e atenção ao paciente diabético.

São mais de 10 mil pacientes regulares atendidos por ano no Ambulatório de Diabetes do Complexo Funfarme, que passam por atendimento multidisciplinar que visa o acompanhamento e a conscientização desses pacientes. Assim que chegam ao ambulatório, os pacientes passam por triagem, são pesados, tem a pressão aferida e fazem a coleta de exames para passarem pelo atendimento médico.

O Dr. Antônio Carlos Pires, endocrinologista responsável pelo Ambulatório do Complexo Funfarme, explica a importância do controle e tratamento da diabetes, já que o aumento da glicose no sangue pode causar outras doenças e danos no corpo humano.

"O Diabetes é uma doença metabólica, crônica e não curável, mas controlável. Portanto, ele é tratado fundamentalmente para evitar as chamadas complicações de longo prazo. Para se ter uma ideia, ele é a principal causa de insuficiência renal crônica, de cegueira adquirida e de amputações de membros inferiores no mundo todo. O tratamento da doença é extremamente necessário para evitar complicações como essas", diz.

Além do tratamento da doença, o doutor explica que no Ambulatório de Diabetes há o trabalho de conscientização de hábitos e estilo de vida dos pacientes. "A educação em diabetes é fundamental, porque o tratamento do paciente envolve aprender a se alimentar corretamente, a controlar as taxas de colesterol e a pressão, fazer atividade física e interromper hábitos nocivos.  O trabalho de conscientização que fazemos busca o entendimento de que seguindo as recomendações, o paciente pode ter uma melhor qualidade de vida", diz.

Pacientes com Câncer e Diabetes

Além do ambulatório de diabetes, o Complexo Funfarme conta com um ambulatório específico para pacientes que possuem diabetes e câncer dentro do Instituto do Câncer (ICA). Esse trabalho, que reúne o trabalho multidisciplinar de oncologistas e endocrinologistas, permitem a rapidez no tratamento desses pacientes, que não precisam atrasar o tratamento do câncer enquanto esperam pelo atendimento para controle do diabetes.

"A relação entre a diabetes e o câncer é muito preocupante e precisa de atenção. Isso porque, por exemplo, alguns medicamentos utilizados no preparo do paciente acabam aumentando a taxa de glicemia, o que dificulta o controle da doença. O ambulatório específico para pacientes com câncer e diabetes permite que rapidamente façamos um trabalho conjunto de acompanhamento das duas doenças, garantindo uma rapidez e assertividade nos cuidados com o paciente", finaliza.

Fonte: InterMídia

Maurício Ferreira congratula membros da…

15-12-2021 Hits:1474 Política Fabio

O Padre Fábio Pagotto da Igreja Matriz de São Domingos esteve presente na sessão da Câmara desta terça-feira (14/12) onde falou sobre a Novena em honra a Nossa Senhora das...