Com o intuito de celebrar o Dia do Quadrinho Nacional, comemorado no dia 31 de janeiro, o Riopreto Shopping convida um dos principais representantes dessa arte na região, Orlandeli, para produzir uma exposição inédita cheia de curiosidades, fotos, textos, desenhos e espaços instagramáveis.  O evento faz parte da Campanha de Férias do Riopreto Shopping.

Os fãs do cartunista, quadrinista, chargista e ilustrador, poderão conferir do dia 23 de janeiro a 2 de fevereiro, na Praça 4 de Eventos, trajetória dos seus 25 anos de profissão em pequenas relíquias de seu acervo, tais como: recortes de matérias de jornais, tiras originais da década de noventa, fanzines, desenhos e esboços antigos. No lançamento da exposição, que acontece no dia 23, Orlandeli estará autografando suas duas obras mais recentes "Os olhos de Barthô" e "O mundo de Yang - Rumo ao Sul", às 19h.

O artista traz em sua trajetória diversas conquistas como: Autor da tira Grump, SIC e O mundo de Yang - Ganhador de vários salões de humor, dentro e fora do país; ganhou por duas vezes o troféu HQ Mix, principal prêmio dos quadrinhos nacionais; foi convidado para participar de três publicações reinterpretando personagens do Maurício de Sousa, entre elas a GraphicMSP "Chico Bento - Arvorada" ganhadora do troféu HQ Mix e finalista do prêmio Jabuti de literatura.

 Sobre o artista

Walmir Américo Orlandeli nasceu em 1974 na cidade de Bebedouro, interior de São Paulo. Em 1994, criou a tira diária "Violência Gratuita". Em 2002 lançou a revista "Grump", que lhe rendeu o troféu HQMIX de melhor revista de humor.

Participou de várias edições do álbum Front, publicado pela editora Via Lettera, com histórias em quadrinhos e contos. Em 2008, criou a tira "(Sic)" vencedora do primeiro lugar no Salão Internacional de Humor de Piracicaba. Em 2009, foi convidado a participar da obra MSP50. Em 2010, lançou um álbum com a compilação das tiras "(SIC)", a obra foi uma das contempladas pelo programa Proac Quadrinhos.

Em 2013, foi convidado a participar da obra "Monica´s". Ainda em 2013, publicou "Eu matei o Libório", de forma independente. Em 2014, lançou a compilação de tiras "Grump – Naqueles Tempos, 20 anos de histórias" em comemoração aos vinte anos de publicação do personagem.

Em 2015, criou "O mundo de Yang", websérie publicada semanalmente e que foi reunida em livro no final do mesmo ano. Em 2016, lançou a graphic novel "Daruma", obra contemplada pelo Proac, e as coletâneas "Grump – Um dia eu chego lá", "(Sic) vol 1 – Sim, eu posso ver... Eu acho" e "(Sic) vol 2 – É... Olhando assim faz sentido".

Em 2017, foi convidado para reinterpretar o personagem Chico Bento, de Mauricio de Sousa, para o selo Graphic MSP, que resultou no álbum "Chico Bento – Arvorada", vencedor do troféu HQMIX. Ainda em 2017, lançou o álbum "O Sinal" (Indicado ao prêmio Jabuti de literatura), pelo selo Jupati, da Marsupial Editora. Em 2019 lança os álbuns "Os olhos de Barthô" e "O mundo de Yang - Rumo ao sul".

Como ilustrador publicou em vários veículos, como: jornal Folha de São Paulo, revistas Mundo Estranho, Saúde, Época, Superinteressante, entre outras. Ganhador de vários prêmios nacionais e internacionais.

Ciclista é atropelada por ex-companheir…

09-12-2020 Hits:358 Região Fabio

Câmera de segurança registrou momento em que o homem passou com o carro por cima da vítima e, na sequência, a ataca com diversos golpes; carro dele foi encontrado em...