A Polícia Militar registrou uma ocorrência de embriaguez ao volante envolvendo o prefeito de Urupês (SP), Alcemir Cássio Greggio, na noite desta quinta-feira (29).

Os policiais relataram que estavam em um posto de combustível quando o prefeito chegou por volta das 23h. No local tem uma loja de conveniência.

Segundo os policiais, o prefeito apresentava sinais de embriaguez, como odor etílico e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele também estava com a carteira de habilitação suspensa. Ele foi multado e o carro dele foi levado por outro motorista.

Em nota, o prefeito disse que estava na loja de conveniência, na saída da cidade, e viu os dois policiais que não utilizavam máscaras faciais.

O prefeito disse que foi solicitado que eles deveriam utilizar máscaras ou se retirarem do estabelecimento, de acordo com os decretos municipais e estaduais por causa do coronavírus.

Na nota, o prefeito disse que, neste momento, começou uma discussão entre um dos policiais e o prefeito, e este policial solicitou ao prefeito a apresentação de sua CNH e que fosse submetido ao teste do bafômetro.

O prefeito disse na nota que o referido policial estava, no seu entendimento, “extrapolando os limites da atuação profissional e adentrando em questões pessoais” e que, como o prefeito não estava conduzindo veículo, não existe a necessidade de apresentação da CNH ou de submeter-se ao teste do bafômetro.

O policial fez uma autuação do ocorrido, sem que houvesse registro de boletim ocorrência, submetendo o expediente a seus superiores hierárquicos. O prefeito registrou um boletim de ocorrência por abuso de autoridade.

Fonte: G1 Rio Preto

Luis Pereira solicita a reabertura de Ig…

25-04-2020 Hits:184 Política Fabio

Durante a 129ª Sessão Ordinária, que ocorreu na quarta-feira, 22 de abril, o Presidente da Câmara Municipal de Catanduva, Dr. Luis Pereira, solicitou ao Poder Executivo a reabertura das Igrejas...