Após a árdua luta iniciada pelo presidente da Câmara Municipal de Catanduva, solicitando ao Executivo a reabertura de Igrejas e Templos Religiosos em Catanduva, nesta quinta-feira, 14 de maio, um grupo liderado pelo bispo diocesano, Dom Valdir Mamede, Padre Osvaldo de Oliveira Rosa e o deputado Marcos Zerbini, estiveram na capital paulista em defesa desse pleito.

A comitiva religiosa de Catanduva foi recebida pelo governador João Dória e seu vice, Rodrigo Garcia e também pelo Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi , que durante a reunião ouviram com muita atenção à solicitação dos catanduvenses.

Os líderes religiosos, disseram que as expectativas são as melhores e afirmam que o governador se comprometeu em abrir as tratativas relacionadas ao assunto e levar o pedido ao Comitê de Contingência do Coronavírus.

“Rezemos, nessa intenção, para que, dentro em breve, nós possamos  voltar às celebrações no sistema presencial”, ressaltou o bispo Dom Valdir Mamede.

“Fico extremamente feliz por ter dado o primeiro passo, mas muito mais de saber que estamos prestes a ter nosso pedido atendido, os líderes religiosos que foram pessoalmente levar nosso pedido as autoridades da Capital são da igreja católica, mas nossa pretensão se estende a todas as outras religiões”, afirmou o Chefe do Legislativo Catanduvense, Dr. Luis Pereira.

 

Relembrando

No dia 22 de abril, o Presidente da Câmara Municipal de Catanduva, Dr. Luis Pereira, solicitou ao Poder Executivo a reabertura das Igrejas e dos Templos Religiosos na cidade.

Na ocasião o parlamentar afirmou, que seu pedido foi baseado de que em momentos de dificuldades as pessoas procuraram seus líderes religiosos, para assim se sentirem mais conectados com Deus e confiantes de que o desespero irá passar e também de que os fiéis inexplicavelmente melhoram de suas enfermidades se apegando a fé que os move .

No documento o Chefe do Legislativo ainda sugeriu, que a reabertura dos templos religiosos fosse feita de acordo com as medidas de proteção preconizadas pela Organização Mundial de Saúde, pelo Governo Estadual e Municipal, sendo assim, durante a realização de missas, cultos ou palestras, deverá ser adotado medidas de distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel, além de que deverão ser realizados em diversos horários, a fim de atender todos os fiéis sem correr o risco de aglomeração.   

Fonte: Izabela Cremonini - Coordenadora de Comunicação Social/ Câmara Municipal de Catanduva

Futuro da Copa SP de Basquete pode ser d…

27-04-2020 Hits:312 Esportes Fabio

O futuro da Copa São Paulo de Basquete Feminino pode ser definido na próxima quinta-feira, 30 de abril. É que neste dia, será realizada videoconferência entre a Federação Paulista de...