Na tarde desta quinta-feira, 19 de março, o vereador Benedito Alexandre Pereira, o Ditinho Muleta, protocolou na Secretaria do Legislativo Catanduvense, um requerimento endereçado à Prefeita Municipal, Marta Maria do Espírito Santo Lopes, solicitando a prorrogação de 90 (noventa) dias para o pagamento de Tributos Municipais, em decorrência do Coronavírus (COVID-19).

Com a proposta, todos os impostos municipais, REFIS, taxas e até a fatura de água , com vencimento nos meses de abril, maio e junho, poderão ser quitadas, sequencialmente, até os meses de julho, agosto e setembro, sem qualquer acréscimo.

De acordo com o parlamentar, a medida se faz justa e necessária em virtude as dificuldades financeiras que os munícipes estão encontrando para honrar com suas obrigações em relação ao município.

“Considerando todos os transtornos vivenciados nos últimos dias, não só pelo catanduvense, mas sim por toda a população mundial, em decorrência da necessidade de medidas de prevenção à contenção e combate ao novo Coronavírus (COVID-19), solicito à prefeita Marta que atenda ao pedido deste vereador. A recomendação que as pessoas estão recebendo é para que fiquem em casa, a fim de diminuir a propagação do vírus, e esta atitude está afetando diretamente toda a população catanduvense, tanto na esfera econômica/financeira, com o esvaziamento na área central e queda do fluxo comercial/empresarial, quanto na esfera financeira da própria estrutura familiar, por visualizar que muitos pais de famílias não estão conseguindo colocar em prática o seu trabalho, resultando na queda brusca da renda familiar, ocasionando prejuízos irreparáveis na saúde financeira”, afirmou Ditinho Muleta.

No intuito de colaborar com esta importante luta, Ditinho Muleta requisita no documento, que a Prefeitura Municipal conceda uma prorrogação de 90 dias do prazo para pagamento do: REFIS, ISSQN, IPTU, ÁGUA, e demais tributos municipais, que estão com vencimento nos próximos meses, abril, maio e junho, possibilitando que o contribuinte realize os seus regulares pagamentos, sem acréscimos de multa, juros de mora e correção monetária, nos respectivos meses de julho, agosto e setembro, proporcionando uma segurança maior aos catanduvenses, que estão empenhados na luta contra esta terrível pandemia, mas que ao mesmo tempo, sofrem com as consequências e os seus impactos.

O requerimento deverá ser lido na próxima Sessão Ordinária, que acontecerá na próxima terça-feira, 24 de março.