O Tribunal de Justiça (TJ) manteve a condenação dos vereadores de Catanduva (SP) Enfermeiro Ari (PP) e Wilson Paraná (PT) no caso conhecido como “rachadinha da Câmara de Catanduva”.

De acordo com o processo, eles ficavam com dinheiro de funcionários do Legislativo, que eram obrigados a devolver parte dos salários que recebiam. Os funcionários também eram ameaçados de demissão se não entregassem o dinheiro aos vereadores.

O caso foi registrado em 2013. Os vereadores foram denunciados pelo Ministério Público por crime de improbidade administrativa.

Na sentença da primeira instância, que foi mantida agora pelo Tribunal de Justiça, os vereadores foram condenados à perda do mandato e suspensão dos direitos políticos por 10 anos, além da devolução do dinheiro desviado dos servidores da Câmara.

Além de Wilson Paraná e Enfermeiro Ari, foram condenados os ex-vereadores Palhaço Pimpão, Cido Verdureiro e uma ex-assessora da Câmara. Todos estavam envolvidos no esquema da "rachadinha".

À TV TEM, Wilson Paraná disse que estava em reunião com advogados e que retornaria. Enfermeiro Ari não atendeu às ligações. Os outros ex-vereadores não foram encontrados.

Fonte: Jocelito Paganelli - TV TEM

Estado de São Paulo pode ter fumaça e …

16-09-2020 Hits:322 Nacional Fabio

Imagens de satélite desta terça-feira, 15 de setembro evidenciaram focos de calor, que é indicativo de queimadas, e diversas pontos do estado de São Paulo.