Diante da derrota irreversível na Justiça, a deputada estadual Beth Sahão, do PT de Catanduva, ainda tinha a expectativa nesta terça-feira (25) de ganhar mais algum tempo no cargo. Para isso, ela tentava uma costura interna à legenda que se mostrava tão difícil quanto a guerra que travou no judiciário. Mas nesta quarta (26), ela divulgou logo pela manhã vídeo - veja aqui - agradecendo os votos e entregando o mandato ao também petista Mário Maurici. 

Seguido o trâmite natural do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), Beth perdeu o posto de titular da cadeira na Assembleia Legislativa nesta quarta, passando à condição de primeira suplente. Em seu lugar assume o também petista Mário Maurici, de Franco da Rocha. 

Em 2018, Maurici obteve 74.254 votos, ficando com a última vaga da chapa. Beth, com 54.900 votos, ficou na suplência. Mas ela assumiu porque o companheiro de legenda caiu na chamada Lei da Ficha Limpa, em função de contas reprovadas pelo TCE-SP durante o período que presidiu a Ceagesp. 

Beth teria exposto sua insatisfação com o PT em conversas com interlocutores. Ela, que sempre se mostrou "leal” ao partido, não estaria recebendo o devido apoio no momento. O grupo da deputada, que vai disputar a prefeitura de Catanduva neste ano, entende que daria para negociar com Maurici mais um tempo, de forma que a petista pudesse subir no palanque na condição de deputada e não de ex. 

Fonte: DLNEWS

Exportações de Catanduva movimentam US…

16-01-2020 Hits:336 Economia Fabio

O ano de 2019 foi de economia aquecida para Catanduva. Prova disso foi o saldo da balança comercial, que registrou superávit de US$ 169 milhões. O destaque foi para o...