O time de basquete catanduvense Bax/Catanduva divulgou uma nota na última sexta-feira, 07 de Fevereiro, descartando a participação na Liga de Basquete Feminino 2020.

O motivo é que a própria LBF cortou benefícios que antes eram disponibilizados aos times, tais como: taxas de arbitragens, passagens aéreas e taxas de transmissões dos jogos. Atualmente a liga propôs custear apenas 40% do valor.

Outra exigência da LBF para a competição é que os jogos sejam realizados em uma quadra com piso de madeira e a falta desse item descartou a participação do Bax no ano passado.

A diretora do Bax, Natália Burian, lamentou a decisão. “É triste e frustrante, principalmente depois de conseguir o empréstimo da quadra com piso de madeira, último item que faltava para cumprir a extensa lista de exigência da Liga”, destacou.

O time garantiu participar de competições nesse primeiro semestre. “Nós vamos disputar em Abril na Copa São Paulo, isso significa que teremos a equipe em quadra nesse primeiro semestre.

Apesar de tudo, agradecemos a LBF e torcemos para que tenha sucesso em seus pleitos e em suas competições,” finalizou.

Fonte: O Regional

Ouça a entrevista da Diretora do Bax/Catanduva sobre a desistência clicando aqui