O Novorizontino foi até o Morumbi enfrentar o São Paulo pela 4ª rodada do Campeonato Paulista, e saiu com o empate por 1x1. Com calma, e sabendo se assegurar na defesa, explorando os contra-ataques, o Tigre saiu na frente. O gol foi marcado pelo meia Higor Leite, que em menos de 2 minutos depois de entrar em campo, balançou as redes aos 25 minutos do 2º tempo. Quase no fim da partida, o São Paulo conseguiu fazer o gol de empate.

O técnico Roberto Fonseca falou sobre a partida. “Só tenho que elogiar e parabenizar a minha equipe. Tivemos 5 ou 6 atletas que ainda não tinham entrado em campo nesse Campeonato Paulista, e puderam jogar hoje. E eles responderam a altura. Nós saímos fortalecidos. Voltamos para casa com um ponto extremamente importante, tanto que ele nos levou novamente para dentro da zona de classificação”.

Agora, o Novorizontino sobe na tabela e assume a vice-liderança do Grupo B, com oito pontos, um a mais do que o Palmeiras, que é o terceiro colocado, e um a menos em relação ao Santo André, que é o líder.

A próxima partida pelo Campeonato Paulista será contra o Ituano, no domingo, às 19h, no Jorjão. Mas antes, o Tigre se prepara para a primeira fase da Copa do Brasil, onde vai jogar em casa, contra o Figueirense, na quinta-feira (06), às 16h30.

 

FICHA TÉCNICA

São Paulo 1 X 1 Novorizontino
4ª rodada da primeira fase
03/02/2020 – 20h
Estádio do Morumbi - SP


Árbitro

Flávio Roberto Mineiro Ribeiro.

Assistentes

Vitor Carmona Metestaine e Enderson Emanoel Turbiani da Silva.

Renda

R$ 378.987,42.

Público

14.060 pagantes.

Cartões Amarelos

Novorizontino:.Danielzinho e Léo Baiano.

São Paulo: Bruno Alves, Tchê Tchê e Brenner.

Gols

Novorizontino: Higor Leite, 25’ 2ºT

São Paulo: Brenner, 41’ 2ºT.

ESCALAÇÕES:

NOVORIZONTINO

Oliveira; Felipe Rodrigues, Adriano, Edson Silva e William Formiga; Adilson Goiano, Léo Baiano e Danielzinho (Higor Leite); Cléo Silva, Capixaba (Felipe Marques) e Jenison (Guilherme Queiroz).

Técnico: Roberto Fonseca.

SÃO PAULO

Thiago Volpi; Juanfran (Everton), Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves, Hernanes (Toró), Pablo e Alexandre Pato (Brenner); Vitor Bueno.

Técnico: Fernando Diniz.

Texto: Maria Paula Laguna.

Foto: Matheus Lima/ Cidade Clube.