O ano de 2020 trouxe uma mudança brusca no cenário econômico e no comportamento dos consumidores, que passaram a adotar hábitos mais digitais. Tais fatores impactaram profundamente a sociedade e a forma de fazer negócios. Diante dessa questão, umas das alternativas que franquias de diversos segmentos encontraram foi a criação de modelos "enxutos" ou compactos, que facilitam a entrada de novos investidores por oferecerem um investimento menor e montagem simplificada. Este tipo de modelo contribui para a expansão das redes, principalmente em cidades menores ou mercados que não comportariam a entrada de uma loja padrão, ainda mais levando em consideração o momento de recuperação gradual da economia. Entre as opções, algumas marcas desenvolveram microfranquias, que são aquelas cujo investimento inicial é de até R$ 90 mil.

Todo esse movimento, unido a manutenção da taxa de juros em níveis historicamente baixos, se reflete em pessoas que desejam abrir o próprio negócio e encontram no Franchising uma oportunidade mais segura para empreender. Dados divulgados recentemente pela ABF (Associação Brasileira de Franchising) em parceria com a empresa de pesquisas AGP evidenciam que o setor de franquias acelerou sua trajetória de recuperação em julho, registrando uma redução média de faturamento de 7,2% em relação ao mesmo período de 2019. Este é o terceiro mês consecutivo de recuperação. Entre os motivos apontados para esta recuperação, temos a melhora do quadro geral da economia e do setor, com agendas mais avançadas de reativação econômica, um número maior de unidades em operação, o fortalecimento dos canais digitais e a melhora na confiança por parte tanto do empresariado quanto do consumidor.

Abaixo, listamos algumas marcas com modelos de negócios enxutos para quem deseja ingressar no Franchising:

A 5àsec desenvolveu um novo modelo de negócio, chamado Express. Com metragem e investimento menor, de R$ 190 mil, esta será uma das opções para quem deseja abrir seu próprio negócio em 2021, principalmente em cidades menores, com população a partir de 100 mil habitantes. Entre os diferenciais, trata-se de um formato de loja mais econômico, para atender regiões menores. A operação conta com todos os equipamentos para limpeza das roupas, porém com uma menor capacidade e tamanho. Para exemplificar essa questão, uma loja padrão precisa de 60 m² a 80 m², já no modelo Express a metragem seria a partir de 45m². O investimento também é menor, assim como a taxa de franquia, capital de giro e implantação. Por apresentar uma condição mais atraente neste momento, a previsão é de chegar a 100 unidades em operação deste modelo no ano de 2025. Seriam, em média, 20 aberturas ao ano, nas cinco regiões do País.

Para disponibilizar um modelo de negócio mais acessível aos que desejam abrir uma franquia de alimentação, a Água Doce Sabores do Brasil apresenta como opção o conceito Express. A rede, que conta com 80 unidades em oito estados brasileiros, sendo três delas neste novo formato, desenvolveu este modelo mais enxuto voltado para shopping centers, galerias e para operação de rua. A Água Doce Express oferece aos consumidores opções gastronômicas com foco em refeições rápidas em porções individuais para o almoço, além de uma seleção dos pratos e drinques que são destaques do cardápio das unidades Master durante o jantar ou happy hour. Em qualquer horário do dia, o cliente pode escolher se prefere uma refeição presencial ou receber o pedido via delivery em casa ou no trabalho. O plano de expansão prevê a implantação de 50 unidades do formato Express até o ano de 2025. Esta é uma alternativa aos que desejam abrir uma unidade da marca com um investimento inicial menor de, em média, R$ 241,8 mil.

Apostando sempre em novidades, a Calçados Bibi criou um modelo de microfranquia com investimento de R$ 90 mil, com as instalações, soluções tecnológicas, primeiro estoque, capital de giro e taxa de franquia inclusos. Neste caso, o plano de expansão da marca visa a implantação de, ao menos, 10 unidades deste novo formato voltado para cidades do interior, com até 100 mil habitantes. Explorando um conceito inovador e inédito no mercado de franquias, a rede visa levar a experiência e know-how da Bibi para lojistas multimarcas que atuam no segmento infantil e que tenham a mesma essência e valores da marca. Dessa forma, há um espaço reservado dentro da unidade que será exclusivamente dos produtos da Bibi, enquanto as demais áreas da loja vendem roupas, peças e brinquedos para crianças.

A Royal Face é uma rede de franquias do segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar associada a ABF, lançada em novembro de 2018, especializada no segmento de tratamentos estéticos em harmonização facial e corporal a preços baixos. A Royal Face já realizou e beneficiou mais de 100 mil clientes com seus procedimentos. A acessibilidade ao tratamento com o Carnê da Beleza foi o carro-chefe para o grande crescimento da Royal Face em três anos de operação. A rede possui o modelo Slim para cidades com até 50 mil habitantes. O investimento inicial é de R$ 122 mil e é preciso apenas uma sala de procedimentos estéticos. Para locais de tamanho padrão a partir de 54m². Atualmente, a marca está presente em 10 estados (SP, PR, RS, SC, SE, GO, ES, RJ, DF e MG) com cerca de 80 unidades inauguradas e mais de 120 em fase de implantação em nove estados (BA, AM, AL, CE, MT, MS, PA, PE e TO), com operações em todas as regiões do Brasil. A Royal Face espera ultrapassar 200 franquias em todo o país até o fim de 2020.

A TRATABEM foi criada em 2012 com o objetivo de formar profissionais credenciados, treinados e especializados no tratamento de água, por meio de cursos específicos realizados na UniGUi - universidade da piscina - da própria iGUi. A loja possui o modelo tipo container em que o franqueado pode instalar em postos de combustíveis, grandes lojas varejistas, dentro de estacionamentos, shoppings e até pedágios. Abaixo envio mais informações sobre a ficha técnica. O investimento inicial é a partir de R$ 68 mil, com taxa de franquia, kit inicial de químicos e acessórios inclusos.

Fonte: DFREIRE Comunicação e Negócios

Toma posse nova diretoria da ACE Catandu…

27-05-2020 Hits:285 Economia Fabio

A Associação Comercial e Empresarial de Catanduva – ACE realizou na tarde desta terça-feira, em sua sede, a posse da nova diretoria para o biênio 2020/22. Na ocasião foi conduzido...