Catanduva ganhou 322 novos postos de trabalho em junho. O número leva em consideração as contratações e demissões registradas no período. O balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, também revela que essa é a primeira vez, desde o início a pandemia, que o município fecha um mês no azul, quando o assunto é a geração de empregos.

A Cidade Feitiço também segue na contramão da região. São José do Rio Preto, por exemplo, perdeu 885 postos de trabalho, resultado de 3.442 demissões e 2.537 contratações em junho. Em Catanduva, 1.030 profissionais foram admitidos, enquanto 708 foram desligados das suas funções, no mês passado.

Até o momento, fevereiro apresentou o melhor resultado de 2020, com saldo positivo de 429 profissionais com registro em carteira. Na sequência aparece janeiro, com 342. Junho figurou no terceiro lugar (322) e março em quarto (58).

Abril e maio, meses que registraram os primeiros casos de coronavírus na cidade, tiveram saldo negativo de 468 e 147 vagas, respectivamente. No primeiro semestre do ano, o resultado ficou positivo com 536 postos de trabalho criados.

“O balanço de junho nos dá esperança para a retomada gradual da economia. Pensamos desde o pequeno empresário, ao grande, com capacitações voltadas para o enfrentamento dessa crise e cursos para pessoas que estão desempregadas. Com a segurança necessária e com a continuidade do Plano São Paulo, vamos avançando”, comenta a secretária de Desenvolvimento, Beatriz Trigo.

Fonte: Prefeitura de Catanduva

Secretaria de Saúde alerta para baixa p…

29-05-2020 Hits:187 Saúde Fabio

A Secretaria Municipal de Saúde alerta para a baixa procura pela vacina contra a influenza em Catanduva. Boa parte das pessoas que estão nos grupos de maior risco de exposição...