A fluência em um segundo idioma é um diferencial, uma vantagem competitiva no mercado de trabalho. Apesar da carreira não ser o único motivo pelo qual as pessoas buscam um curso de idiomas, sem dúvida, trata-se de uma das principais razões. Um estudo realizado pela revista Exame, por exemplo, destacou o segundo idioma como um fator capaz de aumentar as chances de contratação. 


Já para quem busca por novas oportunidades, a pesquisa ainda ressalta a relevância das línguas estrangeiras como um ponto de destaque em processos seletivos. 


Neste artigo, apresentamos esses e mais benefícios do segundo idioma para a carreira profissional, uma lista dos mais desejados pelos recrutadores e quais as formas mais práticas de aprendê-los, para quem tem a vida atarefada. Continue conosco e saiba o que um novo idioma pode fazer pela sua carreira. 

Benefícios para sua carreira

O profissional bilíngue alcança vantagens em três oportunidades muito interessantes. Conheça-as e entenda a importância de ser um!

Aumento de salário

A realização profissional é o objetivo de todos aqueles que se dedicam às suas carreiras, no entanto, o salário é, inegavelmente, a maior motivação de se acordar todos os dias para ir ao trabalho.


Nesse caso, começar os estudos de um novo idioma pode ser o passo que levará os profissionais a alcançar salários mais satisfatórios. O resultado de uma pesquisa da plataforma de empregos Catho indicou que os candidatos com domínio em língua inglesa podem ter salários até 61% maiores, se comparados aos que não falam. 


A pesquisa apresentou o segundo idioma com um dos critérios mais importantes para muitas empresas, em diversos setores, principalmente os cargos de maior prestígio. 

Trabalhando no exterior 

Uma vaga em uma empresa no exterior é outra meta profissional bastante comum. Para alcançá-la, a fluência no idioma do país alvo é indispensável. As habilidades comunicativas são essenciais no país de origem, algo que, em outros países, torna-se ainda mais necessário. A capacidade de se comunicar efetivamente no idioma do país anfitrião não apenas facilita a integração social, mas também aumenta as chances de sucesso em um ambiente profissional. 


Ir ao país para começar a aprender a língua por lá, é possível, mas os obstáculos são significativamente maiores, então, preparar-se é o mais recomendado, para conseguir melhores oportunidades e com mais facilidade. 

Receber em moedas estrangeiras

Não é preciso deslocar-se aos países estrangeiros para receber em suas moedas. Oportunidades freelancer e/ou home office são cada vez mais comuns devido à globalização, e por isso, os profissionais devem estar preparados para conseguí-las. 


Infelizmente, o real, moeda oficial do país, não é valorizada se comparada ao euro, ao dólar e à libra, por exemplo. Desse modo, os trabalhadores brasileiros podem se beneficiar da valorização das outras moedas, mesmo morando no Brasil. 


Em alguns casos, o salário chega a triplicar, tornando essa oportunidade interessante no que diz respeito ao financeiro e ao currículo. 

 

Idiomas mais desejados pelos recrutadores

Após conhecer as vantagens profissionais de ser um profissional bilíngue - no mínimo -, fica a dúvida: qual idioma devo aprender? Qual é o mais desejado pelas empresas? 


Antes de respondermos, embasados em pesquisas, o profissional deve considerar certos fatores antes de escolher o idioma, como: área de atuação; região geográfica na qual se pretende trabalhar; facilidade de aprendizado; interesses pessoais; objetivos pessoais e profissionais a médio e longo prazo e redes de contatos. 


Refletir sobre as questões acima torna a escolha mais fácil, e consequentemente, mais assertiva. Abaixo, confira a lista fornecida pela Universidade Mackenzie, com os idiomas mais desejados pelos recrutadores, e a partir dela, considere os aspectos acima.


  1. Inglês

  2. Espanhol

  3. Mandarim

  4. Alemão

  5. Francês

  6. Árabe


A lista considerou os países com mais falantes no mundo e aspectos relacionados à demanda do mercado de trabalho, em razão da força econômica e comercial das regiões. 

Cuidado!

Vale lembrar que idiomas como o inglês e o espanhol, por serem os mais populares, muitas vezes os profissionais mentem no currículo para torná-lo mais atrativo, e isso é um erro! 


O entendimento superficial do inglês e o famoso "portunhol" podem salvar situações muito pequenas e específicas. No cotidiano profissional, a certificação em um curso de idiomas deve ser prioridade, para assim, colocá-la no currículo de forma apropriada e não passar "perrengue" quando precisar usar as habilidades da segunda língua. 

Como aprender um novo idioma?

Por fim, agora chegou o momento de saber como aprender um novo idioma, mas de uma forma que se adeque aos horários e à vida corrida dos profissionais. 


Sabemos como é difícil conciliar o trabalho com todas as outras áreas da vida pessoal, e portanto, destacamos as duas melhores alternativas de aprendizado, para quem não tem tempo a perder: 

Aplicativos para autoestudo

Os aplicativos de idiomas são ferramentas acessíveis para o aprendizado de novas línguas.

Eles oferecem uma variedade de recursos interativos, como lições gamificadas, exercícios de pronúncia e práticas de conversação. Entre os mais conhecidos estão o Duolingo e o Babbel. 


A flexibilidade geográfica e de horário dos aplicativos são as maiores vantagens deles, e por isso, tornam-se aliados valiosos tanto para iniciantes quanto para aqueles que desejam aprimorar suas habilidades linguísticas.


A interface intuitiva e dinâmica são igualmente vantajosas e propícias à aquisição de conhecimento, no entanto, se o estudante não for bastante focado, disciplinado e autodidata, os aplicativos podem não ser a melhor opção. Além disso, se comparado aos cursos tradicionais, ainda são mais limitados. 


De qualquer forma, eles são ótimos aliados, principalmente se somados às outras formas de estudo. 

Cursos e aulas online

Os cursos online revolucionam a educação, e atualmente, oferecem flexibilidade de acesso a inúmeras disciplinas, inclusive os idiomas. Eles permitem que estudantes aprendam no seu próprio ritmo e horário, tornando o ensino acessível a pessoas com agendas ocupadas, como é a de um profissional que trabalha e ainda precisa estudar. 


Diversas plataformas disponibilizam cursos ministrados por professores experientes e oferecem certificação com preço atrativo. Além disso, os cursos online frequentemente utilizam tecnologias interativas, como vídeos, quizzes e fóruns de discussão, para enriquecer a experiência de aprendizagem. Isso facilita a aquisição de novas habilidades e conhecimentos em um ambiente digital dinâmico e rico em conteúdo.


Diferentemente dos aplicativos, somente com os cursos online, o aluno consegue a certificação adequada e as habilidades necessárias para usar o novo idioma com segurança, e assim, conseguir conquistar melhores oportunidades de emprego.

 

Fonte: SEO Marketing

Manejo do estresse e da emoção é chav…

07-08-2023 Hits:561 Saúde Fabio

Psicóloga ensina técnicas de autoconhecimento para ações mais assertivas com as crianças com deficiências